Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LimãoDoceLimão

LimãoDoceLimão

16
Nov16

Quem espera....

Calita

Muitas vezes espero tudo, outras vezes não espero nada, outras ainda pergunto-me se vale a pena esperar alguma coisa! Hoje espero,e espero com esperança, que o sentido seja o certo, que a vida o percorra na sua plenitude, espero rigor, coerência, espero paz e tranquilidade, estou à espera de muito, não estou?, mas diz o ditado que quem espera desespera, ou não ? pois,que eu espero não desesperar de tanto esperar! Também diz outro ditado que quem espera sempre alcança! Eu prefiro este, mas às vezes, acontece-me o outro!! 

31
Out16

Há gente e há gentinha

Calita

Sinto-me muitas vezes impotente relativamente a comportamentos que, por um motivo ou outro, com razão ou sem ela,  não esperava que fossem acontecer! Ingénua, infantil, às vezes mais parece que ainda acredito no Pai Natal! As pessoas são muitas vezes uma desilusão, mas resumem-se a imagens que ficam, ou simplesmente, hão-de ficar resumidas à sua insignificância, porque realmente não valem nada, Sabem aquela gentinha interesseira que se cola para te sacar qualquer coisa, uma imagem, uma ideia, uma atitude, um comportamento, ou mesmo a tua vida? Pois é, andam por aí!! Não deixes que a conversa te leve, que o sorriso meiguinho te engane, prova e comprova primeiro, há gente pronta para tudo e mais qualquer coisa. Defende-te e não te iludas, quando a esmola é muita até o pobre desconfia, já dizia a minha avozinha e olhem que era uma mulher sábia, oh se era!!

Que o sol ilumine algumas alminhas escuras... deve ser da época!!

21
Set15

Escola: vai começar tudo outra vez!

Calita

th.jpg

 

Vai iniciar mais um ano letivo com todas as loucuras a ele inerentes, pelo menos, aqui por casa !

O despertador vai tocar bem cedinho todas as manhãs, nos dias mais frios custa tanto a levantar! Só mais um bocadinho ! É o que se ouve baixinho, dentro do edredão!

A fatiota nunca serve, o que se escolhe na noite anterior nunca serve no dia seguinte.... e veste e despe, é uma dança terrível ! Quem tem filhas sabe do que falo.

Aí os nervos, e o relógio continua a contar!

O pequeno almoço é tomado religiosamente ...ninguém sai de casa sem o pequeno almoço!

Correria para lavar dentes, agarrar nas malas, verificar os materiais, e os lanches, e os casacos, e os cartões da escola....sem eles ninguém entra...

E é só mais um dia de escola....e o melhor do dia ainda está para começar: chegar a casa, cansada de um dia cheio, e ajudar a  orientar os deveres, correr para as atividades, e sai o Hip Pop, e a Equitação. 

No final estamos todos cansados, exaustos, mas felizes e prontos para mais um dia! 

Venham eles, por aqui estamos todos prontinhos!

 

 

16
Ago15

Ser Mãe é difícil...pois é!

Calita

Sabia que mais cedo ou mais tarde iria acontecer, os filhos nascem, crescem e voam, uns mais alto que outros, há os que gostam de agarrar a saia da mãe, outros nem tanto. Chegada a altura de começar a voar, depois de lhes termos ensinado e partilhado as nossas experiências, está na hora de serem eles a começar a sua.... mas é difícil deixá-los ir...pois é... 

Ser mãe é maravilhoso, é um crescer constante, uma cesta de sentimentos sempre cheia de sorrisos, alegrias, mas também é estar em permanente alerta, com o coração aos pulos, às vezes muito apertadinho, olhar umas mil vezes para o telemóvel na esperança de ver um sinal de mensagem, é acreditar que estão bem, que vão ficar bem, que são responsáveis.

Sei que vão à descoberta, à procura de aventuras, de recordações, que vão crescer e aprender..e é assim que crescemos... caímos e levantamo-nos! 

Às vezes a memória prega-nos partidas e tendemos a esquecer como foi...ou então só não nos queremos lembrar!

 

18
Mai15

Violência Amiga da Violência

Calita

AAAAA.jpgTodos os dias acordamos com noticias de violência, são os adolescentes que resolvem as suas frustrações ou vontades com agressões, apenas porque é divertido; são outros que matam porque sim, são as constantes noticias de violência domestica e mais uma mulher morre vitima deste flagelo público. Sãs as supostas festas que acabam por levar muitos ao hospital e estragar a alegria de outros tantos, enfim, às vezes penso que a sociedade está doente, estrangulada e sufocada, quase a caminhar para uma fase terminal!

Vivemos uma época de grandes desafios e mudanças, quer culturais, sociais, económicas e politicas. As divergências, as dificuldades, a inércia ou falta de atitude por parte de alguns, ou de muitos, leva a que outros tantos se refugiem no que é mau, ou ... menos bom.

Acredito seriamente que as transformações fazem falta, mas os  jovens de hoje vivem a realidade em modo ficção, como se a vida fosse uma projeção da violência que se transmite no cinema, nos videojogos, nas guerras que conhecemos e que vivemos em direto, tal ficção fosse ! é de loucos, a sociedade que estamos a construir tem que ser melhor! Na minha vida profissional trabalho com jovens de várias idades, de diferentes grupos sociais e com formas de estar na sociedade muito diferentes. A vida é muito injusta para alguns e muito traiçoeira para outros. Muitos vivem em famílias disfuncionais, ou sem família, não têm acompanhamento adequado para que possam crescer de forma saudável e feliz, no entanto, muitos agarram todas as oportunidades e sempre que podem, e lhes é permitido, lutam para ser bem sucedidos. Outros porque têm tudo, sofrem o peso do tenho e não quero fazer nada! Gostam da irreverência da diferença, de ser rebeles e vão,muitas vezes, pelo caminho errado!

A vida pode ser uma besta que precisa ser domada e, nem sempre é fácil encontrar o caminho certo, ou aquele que queremos  e mais desejamos.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D