Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LimãoDoceLimão

LimãoDoceLimão

Discriminar, sem saber...

14
Nov19

 

Há dias difíceis, e hoje foi um deles. Quando lidamos com crianças e jovens já sabemos que o seu mundo é difícil, e que tudo à sua volta toma proporções gigantes.

Quando falamos de grupos heterogéneos, oriundos de outros países, que trazem consigo outras culturas, onde, na maior parte das vezes não falam a nossa língua, tudo se complica! E quando falamos de miúdos que muitas vezes já foram maltratados pelos colegas, e que por isso mesmo sofrem do síndrome da perseguição, porque outrora foram vitimas de bullying, de discriminação, ou de indiferença? Falamos então de angustia, de mágoa e sofrimento.

As crianças são, na maior parte das vezes, pouco sensíveis à dor e ao sofrimento do outro, apesar de na maior parte das vezes,  já terem passado por momentos  de sofrimento muito semelhantes. É preciso alertar para tolerância, para o respeito pelo outro, pela sua forma de ser e de estar, pela cultura que os outros nos trazem e enriquecem, porque é preciso APRENDER que precisamos todos uns dos outros, porque só assim podemos olhar para o futuro com alguma dignidade, com a ambição de ganhar o respeito pela diferença.  

transferir.jpg

 

4/60

23
Out19

Ao quarto dia tudo parece um pouco mais fácil, pelo menos, durante o dia.Quando chega a noite e a hora de jantar tudo se torna mais difícil ... ah pois é! 

O jantar é sempre aquele momento em que a família se reúne à mesa, o único momento do dia em que estamos juntos, pomos a conversa em dia, sabemos o que uns e outros fizeram, partilhamos as novidades, os problemas, as peripécias do dia!

Para mim, que adoro cozinhar e fazer as delicias da família à mesa é torturante...mas todos me apoiam e ajudam, e sentir esse apoio é muito importante! 

Obrigada!

IMG_9395 (1).JPG

 

 

Comportamentos

15
Dez16

Estou um bocadinho, mas só um bocadinho  triste... sabem quando pensamos que alguém gosta de nós, que nos quer bem e quando entra na nossa casa, na nossa e  tu acreditas que vem por bem? Pois,  enganei-me e de que maneira. Bolas, sou tão ingénua, que às vezes até parece que nasci ontem! Já ando a tentar digerir este mal há algum tempo, mas não tem sido fácil de aceitar! 

Muitas vezes penso que o nosso comportamento, o dos Homens, é umas quantas vezes  tão incoerente, umas outras tão verdadeiro, outras tantas, tão falso!! O que pode levar alguém a querer enganar, a mentir, a fingir ser o que não é? Por que seguir caminhos ingratos, a invejar aquilo que não é seu?

A vida vai-nos ensinando a descobrir e a conhecer os outros de formas impressionantes! O comportamento de alguns revela tão grande infelicidade que chega a doer só de ver! 

Por favor, sejam honestos convosco, não criem personagens como se vivessem uma novela! Tentem ser verdadeiros, realistas mas sem deixar de sonhar e de querer! A honestidade,e  o acreditar sem pisar o outro,  também pode ser um caminho para o sucesso e felicidade!

 

 

Black Friday

25
Nov16

Esta coisa do black friday ia dando comigo em doida, imaginem só, que de cinco em cinco minutos recebia uma mensagem a avisar que a marca x ou y estava com descontos! Meu Deus, ajuda-me a superar esta loucura! Até porque, por black friday, conheço uma quinta feira negra, em 1929, quando os EUA e a sua bolsa ficaram virados do avesso e consigo arrastaram o mundo! Ah!! Já percebi !!! com esta estratégia de marketing, estas sextas feiras negras querem levar ao fundo as carteiras de muitos e a paciência de outros!

Se o objetivo era esse, parte dele, pelo menos comigo, foi alcançado! Perdi a paciência!!

Acredito e não Acredito

24
Nov16

Acredito piamente naquilo que sou, no que faço, e nas capacidades que tenho. Acredito que o papel que ocupo tem, ou tem que ter alguma importância.

Acredito que tenho feito coisas boas e, também sei que outras menos boas. Não posso acreditar que me possam tratar de forma indiferente, como se fosse uma folha de papel usada que se amachuca, faz-se em bola e se deita no lixo.

Não acredito que tenha feito tudo assim tão mal, não acredito que possa ter errado tanto.

Acredito que posso estar enganada, que às vezes fazemos o que não queremos, dizemos o que não devemos, quero acreditar que ainda posso acreditar no que faço, e no que quero ainda fazer.

Não acredito que estou a dizer isto!

Quem espera....

16
Nov16

Muitas vezes espero tudo, outras vezes não espero nada, outras ainda pergunto-me se vale a pena esperar alguma coisa! Hoje espero,e espero com esperança, que o sentido seja o certo, que a vida o percorra na sua plenitude, espero rigor, coerência, espero paz e tranquilidade, estou à espera de muito, não estou?, mas diz o ditado que quem espera desespera, ou não ? pois,que eu espero não desesperar de tanto esperar! Também diz outro ditado que quem espera sempre alcança! Eu prefiro este, mas às vezes, acontece-me o outro!! 

Acreditar

07
Nov16

Há acontecimentos que nos deixam, por vezes, mais sensíveis, vulneráveis, e quando a coisa toca aqui aos meus rebentos o peito enche-se de orgulho e parece que vai explodir de tão cheio que fica. 

Digo sempre que devemos tentar, nunca desistir, creditar em nós, sermos fieis ao nosso pensamento, ao nosso querer. Digo sempre que batalhem, que até podem ter medo mas façam-lhe frente! Sejam grandes, na atitude e forma, sonhem e acreditem que é possível.Vão conseguir, eu acredito e sei que vocês também!

Amores da minha vida!!

Falta de competência devia pagar imposto

04
Nov16

Incrível aqueles que se acham os melhores dos melhores, ridícula a forma como agem perante a opinião ou a crítica, deveras tolos quando se consideram tão importantes que nem têm a capacidade de olhar para quem tem a autoridade para o fazer. 

Quando vejo tamanha iliteracia.... e estou a ser muito simpática.... impõe-se -me a vontade de querer ajudar a clarificar, quer sejam determinadas ideias ou mesmo comportamentos narrados ou praticados  por quem devia ter outros. Custa-me a acreditar que certas pessoas se vejam como tão importantes e tão conhecedoras de tudo e de todos que não consigam constatar o óbvio. Quem tem responsabilidade deve assumi-la, e que o faça do principio ao fim ! Garanto-vos que se incompetência pagasse imposto o país mergulhava em montanhas de moedas, tal e qual o tio patinhas!!

Há gente e há gentinha

31
Out16

Sinto-me muitas vezes impotente relativamente a comportamentos que, por um motivo ou outro, com razão ou sem ela,  não esperava que fossem acontecer! Ingénua, infantil, às vezes mais parece que ainda acredito no Pai Natal! As pessoas são muitas vezes uma desilusão, mas resumem-se a imagens que ficam, ou simplesmente, hão-de ficar resumidas à sua insignificância, porque realmente não valem nada, Sabem aquela gentinha interesseira que se cola para te sacar qualquer coisa, uma imagem, uma ideia, uma atitude, um comportamento, ou mesmo a tua vida? Pois é, andam por aí!! Não deixes que a conversa te leve, que o sorriso meiguinho te engane, prova e comprova primeiro, há gente pronta para tudo e mais qualquer coisa. Defende-te e não te iludas, quando a esmola é muita até o pobre desconfia, já dizia a minha avozinha e olhem que era uma mulher sábia, oh se era!!

Que o sol ilumine algumas alminhas escuras... deve ser da época!!