Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LimãoDoceLimão

LimãoDoceLimão

Eh!Pá...Estou aqui que nem me aguento....

Por que razão, a razão nem sempre ajuda, por que será que quanto mais penso menos consigo ver, por que razão só me apetece sair a correr, sair daqui e desaparecer de uma vez por todas?

Por que razão estou tão cansada de pensar, de desculpar, de tentar perceber, de ver o que não consigo?

Por que razão ainda tenho esperança, ainda acredito que as coisas podem ser diferentes, que as pessoas mudam, que os hábitos se alteram, que as crianças crescem, e que os adultos envelhecem?

Por que razão eu estou a deixar de acreditar, por que estou eu tão cansada, por que têm os dias de ser a mil, ter tantos altos e baixos?

Por que razão tenho uma dor imensa no peito, e quero chorar... mas não posso, e quero gritar, mas não posso, quero sair daqui, mas não posso. 

Por que razão escrevo?

Porque quero e preciso respirar, mas só posso gritar neste silêncio!  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.