Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LimãoDoceLimão

LimãoDoceLimão

4/60

23
Out19

Ao quarto dia tudo parece um pouco mais fácil, pelo menos, durante o dia.Quando chega a noite e a hora de jantar tudo se torna mais difícil ... ah pois é! 

O jantar é sempre aquele momento em que a família se reúne à mesa, o único momento do dia em que estamos juntos, pomos a conversa em dia, sabemos o que uns e outros fizeram, partilhamos as novidades, os problemas, as peripécias do dia!

Para mim, que adoro cozinhar e fazer as delicias da família à mesa é torturante...mas todos me apoiam e ajudam, e sentir esse apoio é muito importante! 

Obrigada!

IMG_9395 (1).JPG

 

 

Dia 3/60

22
Out19

Pois, 79 é o peso da minha luta e o peso da minha vergonha! Pensar que já fui 20 quilos mais leve é algo que me assusta, quando me olho e vejo, de forma mais isenta, este meu desleixo contínuo neste último ano. Ficar dependente do que comemos, e comer o que nos apetece, não é solução, nem resposta para nada, é apenas o inicio de um grave problema de auto estima, de saúde, de mobilidade, de vontade, e de tudo o que possam imaginar. E, assim, andamos reféns da comida ... e porque é só mais isto, ou só mais aquele pedacinho e aquele pãozinho!

Eu sou gulosa... agora, admito !!! Porque não era...eu, que nem doces comia, quem diria! 

Não pretendo com isto chegar aos 59 dos meus saudosos vinte, mas tenho saudades dos meus 63, ou 65, e até dos meus 70.

Vergooonha! No que me tornei eu? Numa Bolinha 

th (1).jpg

 

 

Dia 2/60

21
Out19

Está na altura de me levar a sério, é preciso força e perseverança! A ver pela dureza do dia já deu para perceber que não vai ser nada fácil! Cada vez que me meto nestas coisas é sempre assim, não sei se convosco é igual, mas levo o dia a pensar no que não posso comer. E à noite? a hora mais difícil do dia, só apetece doces e docinhos, bolachas e bolachinhas. Sim, já me disseram para não ter nada disso em casa, mas não é possível, vivo numa casa de gulosos!!

Cometi um pecado, sim....um pedacinho de bolo de mel a acompanhar o café!! Não deu para resistir! Também já diz o velho ditado que Roma e Pavia não se fizeram num dia!! 

Até amanhã!!

aa.jpgA receita desta delicia está no O Jantar é às Oito!!

 

Amizade: amigos ou ...nem por isso

28
Abr17

 

Imagem-para-Tumblr-de-amizade.jpg

 

A amizade é um conceito lato, podemos pensar que aqueles que estão sempre connosco, que nos acompanham ao longo da nossa vida são realmente aqueles que podemos considerar nossos amigos. Aqueles que nos querem bem, que sabem agarrar na nossa mão, que nos chamam à razão, que nos abrem os olhos sempre que é preciso.

Os amigos gostam de nós como somos, com os nossos defeitos, com as nossas virtudes, amigos são aqueles que, mesmo longe não se esquecem, que voltam sempre.

Os amigos não copiam, os amigos não roubam, não se aproveitam das tuas fragilidades, ser amigo é ser sincero, e não enganador. 

A amizade é algo que se cultiva, que se trabalha, que se acompanha, é como uma planta que deve ser regada, bem tratada e acarinhada. A amizade não se compra, não se vende, não se leiloa. A amizade nasce, cresce,  vive e morre, ou desvanece-se...depende de muito aquilo a que queremos chamar de  amizade.

Frases Soltas...#14

15
Mar17

 

É o tempo que voa,

que passa e não volta,

que apoquenta a vida ,

e me atormenta a alma.

O tempo que espera,

que desespera,

que corre e que vai,

sentido perdido,

pois é....

é o tempo que voa.

 

O caminho que escolhemos nem sempre é o que queremos, muitas vezes é o que a vida nos permite, nos proporciona e nos dá! Ao longo do tempo começo a perceber que muito do que ambicionámos outrora vai-se desvanecendo com o tempo, vamo-nos acomodando, ficando ali e não damos conta que ele passou, o malvado tempo! 

Também é verdade que o podemos enganar ou dar-lhe a volta, mas será que conseguimos enganá-lo por muito tempo?

O destino está traçado ou somos nós que o traçamos?

Hoje estou em modo ponto de interrogação!!

Não ao Tabaco: Dois Anos sem Fumo

25
Fev17

 

stop tabaco.png

 

Faz  dois anos que iniciei uma enorme luta contra a fumadora que há...ou havia...em mim. Foram estes últimos dois anos uma verdadeira loucura, um turbilhão de sentimentos, de acontecimentos, de loucuras e tantos momentos de ansiedade, angustias,quilos e quilos que se ganharam e outros tantos que se foram  perdendo. Perdi quilos de paciência, toneladas de alegria, ganhei resmas de cabelos brancos, mas nem tudo foi mau, ganhei um olfacto super apurado, uma pele brilhante, roupa nova!!

Posso garantir que esta foi uma das realizações mais difíceis da minha vida, devem achar...coitada...nunca passou por situações sérias e graves. Não pensem mal de mim, acreditem que foi deveras difícil, que ainda hoje dou por mim a pensar - tão bem que ia agora um cigarrinho!.

Foi muito difícil, é um vicio tramado, que se entranha na gente, que se pega e cola e que quando o largamos deixa ferida e faz mossa.

Estou orgulhosa de mim, da minha teimosia e da minha vontade.

Continua a ser uma luta? Sim, continua!! Todos os dias é mais um dia sem tabaco !