Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LimãoDoceLimão

LimãoDoceLimão

18
Mai15

Violência Amiga da Violência

Calita

AAAAA.jpgTodos os dias acordamos com noticias de violência, são os adolescentes que resolvem as suas frustrações ou vontades com agressões, apenas porque é divertido; são outros que matam porque sim, são as constantes noticias de violência domestica e mais uma mulher morre vitima deste flagelo público. Sãs as supostas festas que acabam por levar muitos ao hospital e estragar a alegria de outros tantos, enfim, às vezes penso que a sociedade está doente, estrangulada e sufocada, quase a caminhar para uma fase terminal!

Vivemos uma época de grandes desafios e mudanças, quer culturais, sociais, económicas e politicas. As divergências, as dificuldades, a inércia ou falta de atitude por parte de alguns, ou de muitos, leva a que outros tantos se refugiem no que é mau, ou ... menos bom.

Acredito seriamente que as transformações fazem falta, mas os  jovens de hoje vivem a realidade em modo ficção, como se a vida fosse uma projeção da violência que se transmite no cinema, nos videojogos, nas guerras que conhecemos e que vivemos em direto, tal ficção fosse ! é de loucos, a sociedade que estamos a construir tem que ser melhor! Na minha vida profissional trabalho com jovens de várias idades, de diferentes grupos sociais e com formas de estar na sociedade muito diferentes. A vida é muito injusta para alguns e muito traiçoeira para outros. Muitos vivem em famílias disfuncionais, ou sem família, não têm acompanhamento adequado para que possam crescer de forma saudável e feliz, no entanto, muitos agarram todas as oportunidades e sempre que podem, e lhes é permitido, lutam para ser bem sucedidos. Outros porque têm tudo, sofrem o peso do tenho e não quero fazer nada! Gostam da irreverência da diferença, de ser rebeles e vão,muitas vezes, pelo caminho errado!

A vida pode ser uma besta que precisa ser domada e, nem sempre é fácil encontrar o caminho certo, ou aquele que queremos  e mais desejamos.

 

2 comentários

Comentar post